metodos de retirar um virus ou um programa qualquer do seu computador

Publicado: maio 7, 2009 em normal, seguranca, sistemas operacionais, virus, windows
Tags:, ,

Métodos eficazes e os não tão eficazes de se retirar o programa
Basicamente existem quatro métodos de se retirar um cavalo de tróia. Cada um possui suas vantagens e falhas. O ideal seria usar um pouco de todos.

Detecção por portas
Esse é um método utilizado por programas como o Xôbobus, o meu Anti-Trojans e muitos outros. Funciona do seguinte modo: os programadores estudam as portas TCP e UDP utilizadas pelos trojans e criam um programa que abre essas portas. Assim, quando um invasor vir a porta aberta e pensar que é um cavalo de tróia que está instalado ali, cairá em uma armadilha tendo o seu endereço IP detectado. Esse método não é muito eficiente pois
facilmente podemos mudar as portas que os trojans utilizam. Mas ainda é um método muito usado pois muitas pessoas não se lembrar de trocar as portas.

Detecção pelo arquivo
Esse é o método usado pelos anti-vírus e o programa The Cleaner. Ele detecta o trojan checando a sua estrutura. Se o arquivo estiver renomeado (sem ser para executável) ou estiver comprimido, esse método se torna inútil. Para ser realmente eficaz, deve ser usado junto à detecção de portas. Assim, mesmo que seu anti-vírus não encontrou um trojan, o Anti-Trojans pode encontrar.

Detecção por string
Na minha opinião, o melhor método de todos. Pouco divulgado publicamente, se torna a melhor garantia para se detectar um trojan sem falhas. Isso porquê mesmo que o programa for comprimido ou mude suas portas, ele ainda estará usando uma das 65535 portas do sistema e
se comunicará com o cliente. A comunicação entre cliente e servidor se dá por uma string (texto) enviada. Por exemplo: O Netbus 1.7 envia uma string assim “Netbus 1.7x” quando alguma conexão é estabelecida. Se for o cliente, ele responderá com outra string. Então para analisar todas as portas do seu sistema e saber quais estão abertas e possuem strings, utilize um programa como o Chaoscan ou algum outro scanner de porta que lhe dê essas
informações.

Detecção manual
Muito eficaz também, a checagem manual do sistema pelo operador pode facilitar muito a vida. Olhando registro, arquivos de inicialização, conferindo os programas carregados na memória, o tamanho dos arquivos, etc… Todas essas precauções evitam dores de cabeça. Essa política adotada junto aos outros tipos de detecção faz com que você exclua em 100% a chance de uma invasão por cavalos de tróia.

Hoje estou com muita pressa, mais outro dia falo mais sobre este assunto.

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s